Fernando Teotónio mantém liderança no “Constálica”


Depois de superar a super especial nocturna de ontem, o piloto do Fundão mantém a liderança do Constálica Rallye Vouzela, 5.ª prova pontuável para o Campeonato Centro de Ralis, terceira em pisos de asfalto. No Grupo X5, Carlos Matos é o líder, beneficiando, ainda de ser o mais rápido em termos gerais.

O piloto do Fundão, Fernando Teotónio, vencedor de três de quatro provas especiais disputadas na manhã de hoje, está na frente do Constálica Rally Vouzela, depois de cumprida a 2.ª Secção, num total de 37,85 km. Ao volante de um Mitsubisho Lancer Evo IX e navegado por Luís Morgadinho, o piloto da Beira Interior, inscrito no Desafio Kumho Asfalto Centro e que tinha partido para o dia de hoje na liderança, viu-se ultrapassado por Gaspar Pinto e Bernardo Gusmão (Mitsubish Lancer Evo V) na primeira especial (Moçamedes/Multisac, na distância de 9,15 km), acabando por passar para a frente da classificação no terceiro troço (Pernoita/SIN Profile).

Ao cabo das quatro provas especiais de hoje, Fernando Teotónio usufruiu de uma vantagem de 11,6 segundos para Gaspar Pinto, com a dupla Pedro Leone e Bruno Ramos, em Ford Escort RS Cosworth, a sublinhar a terceira posição, a 23,3 segundos do topo da classificação, mas a reforçar a liderança entre a “armada” dos Clássicos.

A dupla formada por Luís Mota e Alexandre Ramos (Mitsubishi Lancer Evo VII), que acentuou a sua posição na prova do Gondomar Automóvel Sport com o segundo melhor registo na especial de abertura, terminou esta secção na quarta posição, a 45,3 segundos do líder, cabendo à formação Nuno Mateis e Paulo Pimentel (Mitsubishi Lancer Evo IV) fechar o “top five”, a 48,3 segundos do piloto do Fundão.

 

Carlos Matos lidera em termos gerais e Grupo X5

No que diz respeito ao Grupo X5, Carlos Matos, navegado por Jorge Henriques, passou ao ataque e conduziu, com arte e engenho, o Peugeot 208 T16 R5 ao lugar mais alto da classificação ao fim da secção inaugural de hoje, com o tempo total de 25m34,0s.

Fruto de uma toada bastante consistente, o piloto de S. Pedro do Sul, que também lidera em termos gerais o Constálica Rallye Vouzela, prova que já venceu por três ocasiões, já desfruta de uma vantagem considerável para os segundos classificados, Vítor Pascoal e Ricardo Faria (Porsche 911GT3), a 49,8 segundos.

Na terceira posição encontra-se Luís Rocha e Rui Raimundo, em Ford Fiesta R5. O piloto nortenho tem vindo a confirmar em Vouzela o seu estatuto de um dos mais rápidos pilotos na prova do Gondomar Automóvel Sport, separado por 4,8 segundos de Vítor Pascoal.

Já bastante atrasado em relação a Carlos Matos está Nelson Trindade e Raquel Graça (Mitsubishi Lancer Evo X). O piloto da região albicastrense, que já passou pela liderança, não evitou alguns contratempos e baixou drasticamente na tabela classificativa, estando na quarta posição, agora a 1m07,3s do líder.

Enquanto isso, André Lavadinho e Hugo Magalhães, concluiu a secção matinal na quinta posição. Ao volante de um Hyundai i20 R5, o piloto/fotógrafo está a 1m16,9s dos líderes.

Segue-se um reagrupamento em Vouzela para intervalo de almoço, com a emoções a regressarem às 14h32, com os pilotos a repetirem a secção da manhã, com uma dupla passagem por Senhora do Castelo/Constálica (14h32 e 16h18) e dupla passagem por Pernoita/SIN Profile (14h50 e 16h31). A chegada ao pódio, junto à Câmara Municipal de Vouzela, está prevista para as 17h13, seguindo-se a cerimónia da entrega de prémios.