André Lavadinho regressa aos ralis no Constálica Rallye Vouzela


O que até há bem pouco tempo não passava de um sonho começa, dia após dia, a tornar-se numa realidade. Depois da participação com sucesso na Super Especial Riba d’Ave, André Lavadinho vai regressar ao volante do Peugeot 208 R2 para competir na quinta edição do Costalica Rallye Vouzela.

Se ver ao volante de um carro de rali um fotógrafo do WRC já é extraordinário, ver ao seu lado outro fotografo do Mundial de Ralis torna esta participação num momento único e histórico. No banco do lado direito, Lavadinho contará na prova organizada pela Promolafões com o húngaro, Gergely Makai, companheiro de muitas aventuras no Campeonato do Mundo de Ralis. Conheço o Gergely Makai desde 2008, mas sempre o ouvi a falar apenas de fotografia e dos nossos trabalhos em conjunto na @World. Esta será a primeira vez que o vou ouvir cantar notas, a minha primeira vez em Inglês. As únicas notas em inglês que ouvi foram sempre nos simuladores e mais recentemente, o Valter Cardoso também já me ajudou a entender as notas nestes últimos dias, onde aproveitámos para criar um sistema fácil das mesmas para que me habitue rapidamente ao Gergely Makai. Vai ser um desafio para ambos! Mas certamente irá correr muito bem pois o Gergely além de fotografo profissional, também é navegador já há muito tempo”, explica André Lavadinho.

Por seu turno, o húngaro mostra-se entusiasmado com a experiência. “É a primeira vez que vou dar notas em inglês, porque anteriormente só dava nota em húngaro ao Szabolcs Várkonyi. Vai ser um grande desafio, mas acredito que vamos ter um bom desempenho. Portugal é um país fantástico, tem especiais incríveis e estou certo que vamos contar com o apoio dos portugueses neste evento”, explicou.

No que toca a objetivo, a dupla tem as metas bem definidas: “Espero divertir-me ao máximo e dar muito espetáculo ao muito publico que estará presente. A minha pressão, como sempre referi, é desafiar-me a mim mesmo e nesta prova terei o mesmo pensamento. As especiais, pelo que vi do ano passado, são espetaculares e cheias de adrenalina e estou ansioso por colocar o capacete e as luvas e lutar pelo melhor lugar possível”, explicou André Lavadinho

No primeiro dia de evento, 31 de Agosto, e há semelhança do ano passado, a organização preparou um SPECIAL Shakedown com cerca de 3km, sem qualquer cunho competitivo mas que trará animação ao evento. Já no sábado, dia 1 de Setembro, a competição propriamente dita começa com uma Super-Especial com 1,6km de extensão. Para domingo estão agendadas oito especiais que totalizam 206.9km.