Eduardo Veiga “puxou dos galões” para vencer Constálica Rallye Vouzela


O piloto Eduardo Veiga, exibiu os seus dotes de excelência aos comandos do seu Ford Escort MK2, ao vencer a quarta edição do Constálica Rallye Vouzela, prova pontuável para o Campeonato Regional de Ralis do Centro – Jorge Amorim e Troféu CIN, com o tempo de 24m29,7.

O aguedense, que faz equipa com Justino Reis, voltou a evidenciar classe e mestria na condução em asfalto, defendendo com galhardia os ataques de Tiago Reis que, navegado por João Aguiar, nunca deixou de imprimir um andamento uniforme com o Vokswagen Golf, cotando-se o segundo mais rápido a 10,4 segundos de diferença.

Depois de uma luta perseverante e muito perto das duplas da frente, o viseense Hugo Lopes, navegado por Nuno Mota Ribeiro, terminou a prova do Gondomar Automóvel Sport na terceira posição, a 24,6 segundos do vencedor, explicando como se anda célere num Citroën Saxo Kit Car.

Cláudio Ornelas e Miguel Duarte, em Mitsubishi Lancer Evo VIII, taxaram a sua participação no Constálica Rallye Vouzela na quarta posição, seguidos de Nelson Trindade e Raquel Graça, em Mitsubishi Lancer Evo IX, a 56s e 1m11,3s do vencedor, respectivamente.

Refira-se, por outro lado, que do naipe de pilotos integrados nesta prova do Campeonato Regional de Ralis do Centro, a dupla formada por Vítor Pascoal e Pedro Alves, em Porsche 997 GT3, assinou o tempo mais rápido (22m15,9), com Carlos Matos e Bino Santos, ao comandos de um Ford Fiesta R5, a reclamar 22m45,2s. O piloto de S. Pedro do Sul viu-se assim destituído da lista dos mais rápidos, depois de exibir, juntamente com o seu navegador, a “coroa” nos últimos três anos. O aguedense Miguel Abrantes, que faz equipa Marco Saraiva, foi o terceiro mais rápido no Skoda Fabia S2000, a 1m21,6 do piloto nortenho de Baião.